Dieta detox: minha experiência de 3 dias!

Nessa segunda, dei início a uma dieta detox que encontrei na internet, com duração máxima de 3 dias – nada mais que isso, hein? Ela foi montada por uma nutróloga, ou seja, uma médica, que sabe o que está fazendo. Esse programa não é criado para cada caso em específico, mas acredito que tenha sido pensado para a maior parte das pessoas. Na dúvida, sempre vale consultar um especialista, ok?

Na dieta detox de 3 dias, é permitida a utilização de alimentos sólidos apenas no almoço, desde que sejam com pouca gordura e integrais. Assim, o almoço deve ter alimentos como frango ou peixe grelhados ou cozidos, com arroz integral ou batata, acompanhados de salada temperada com azeite.

No café da manhã e nos lanches, deve-se beber sucos ou vitaminas feitos com frutas, legumes e leites vegetais, como o leite de amêndoas ou de aveia. O jantar deve ser uma refeição líquida, de preferência uma sopa detox ou um creme de legumes. Veja aqui no Nutri Saúde como fazer o cardápio da dieta detox.

Cardápio da Dieta Detox

A tabela a seguir traz o exemplo de um cardápio de 3 dias da dieta detox.

Refeição Dia 1 Dia 2 Dia 3
Café da manhã Suco de morango, laranja e goji berry Suco verde de limão, gengibre e couve manteiga Vitamina de banana e leite de amêndoas
Lanche da manhã Água de coco + 1 fatia de pão integral 1 maçã + 2 castanhas Chá de camomila + 3 bolachas integrais
Almoço/Jantar 1 filé pequeno de frango grelhado + 3 col de sopa de arroz integral + salada de repolho, cenoura e maçã 1 posta de peixe cozido + 3 col de sopa de grão de bico + salada de vagem, tomate e pepino 1 filé de frango cozido com molho de tomate + 3 col de sopa de arroz integral + salada de alface, milho e beterraba
Lanche da Tarde Vitamina de mamão com leite de aveia Banana amassada + 1 col de sopa de linhaça Suco de laranja, couve e melancia + 1 fatia de pão integral

Como me Senti nos 3 Dias

Bom, agora vamos ao que interessa: como me senti fazendo essa dieta detox. No primeiro dia, estava curiosa com o gosto das coisas – algumas combinações eram bem inusitadas para mim, apesar de eu consumir frutas, legumes e verduras sem problema nenhum. Fiquei tranquila durante o dia todo, mas à noite me bateu uma fome sinistra. Tentei dormir mais cedo, mas me debatia na cama com aquela sensação de buraco no estômago. Não tive dúvidas: comi uma barrinha de cereal, escovei os dentes de novo e voltei pra cama.

No segundo dia, aconteceu novamente, mas já cedo, algum tempo depois do almoço. Fiquei com fome e comi outra barrinha de cereal antes do suco detox 2 + fruta. Acabei tomando a sopa mais cedo e, antes de dormir, estava com o estômago roncando de novo. Aí comi fruta também, sem peso na consciência, afinal, se eu ficar me encanando por ter feito isso, sério, me internem que tá feia a coisa, hahahaha! Equilíbrio sempre.

O último dia foi o mais tranquilo. Senti que meu corpo já tinha se acostumado à coisa toda, sabem? Tomei o café da manhã normalmente, mas como foi mais tarde acabei almoçando direto, sem o lanchinho da manhã. Troquei o prato proposto pela sopa com quinoa e me senti satisfeita. No restante do dia, fiz tudo normal, mas tive um jantar à noite (sem exageros, claro!) e acabei finalizando a dieta um pouquinho antes.

Vale dizer que no primeiro dia me senti um pouco fraca, sim. No segundo já estava melhorando e no terceiro fiquei bem. É como se o corpo fosse se habituando gradativamente à nova realidade! Fui muito mais vezes no dia fazer xixi e meu intestino passou a funcionar como um reloginho, o que achei bem interessante. Desinchei, minha barriga diminuiu e, na balança, foram-se 3 quilos – apesar de esse não ter sido o foco principal.

Na verdade, essa experiência toda me fez experimentar coisas novas, que eu quero muito levar pra vida, e me deu o gás que precisava para continuar numa alimentação saudável e equilibrada. Não pretendo repetir tão cedo a dieta detox, mas penso em fazê-la novamente caso tenha alguma festa, como a própria médica sugere, ou após alguma comilança excessiva, se ela vier a acontecer (espero que não!).

Posto isso tudo, vale lembrar: corpo é coisa séria. Não corram o risco de prejudicar o de vocês cometendo loucuras. Não vale a pena e o chamado efeito rebote acontece sim, com uma série de outras complicações à saúde. E, como disse lá em cima, procurem um médico sempre que tiverem dúvidas!

PS1: Acho importante dizer também que controvérsias sempre existirão quando o assunto é alimentação. Alguns profissionais pensam de maneira x, outros de maneira y… A verdade é que tudo precisa ser feito com o maior cuidado – e, se funcionar, melhor ainda! 😉

PS2: Desculpem pelo texto gigante, mas eu queria explicar como foi a dieta detox bem direitinho!

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sintomas de gonorreia

7 sintomas de gonorreia ignorados pelas mulheres e homens

Água de chia com limão para emagrecer

Água de chia com limão para emagrecer até 10 kg